quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Quando tenho tempo para ver filmes #3

No domingo ainda houve tempo para ver um filme, e o escolhido foi Baby Sellers

Este é um filme de 2013, inspirado em factos verídicos e não é muito conhecido em Portugal. É um filme forte, que explora questões como tráfico e venda de bebés. Esses bebés vêm essencialmente de países como, a Índia, México e Brasil, são muitas vezes vendidos, mas também há casos de raptos. Este esquema é investigado por Nicole Morrison, interpretada poJennifer Finnigan. Ela crê que há uma agência de adopção que tem ligações ao tráfico de bebés, onde com um bebé loiro de olhos azuis, pode lucrar cerca de 80 mil dólares. Nicole vai até à Índia disfarçada de potencial mamã de forma a obter mais informações, e começa a investigar cada vez mais... agora acho que fico por aqui a contar, ou ia estragar todo o filme. :)

Infelizmente, isto é mais do que um filme, isto é a realidade. No momento em que estou a escrever isto, provavelmente algum ser está a ser traficado, para venda, exploração e sabe-se lá mais o quê. Isto devia ser investigado, remexido, e julgados os responsáveis por este tipo de crimes. Tal como o filme representa, o final não é aquele que queremos, as coisas não ficam totalmente resolvidas, mas não deveríamos deixar de lutar e de fazer alguma coisa que mude isso. São sempre as famílias mais pobres em cidades pobres que ficam sem os seus bebés (atenção que também há a questão da venda), para alimentar um desejo de uma família rica, num país rico. Será que essas pessoas que adoptam por essas vias, não têm nenhum segundo de suspeitas?

Já alguém viu este filme ou algum semelhante? 




Nota: 8/10

4 comentários:

  1. ainda não vi este filme, mas o conceito fez-me ficar com bastante curiosidade. vou ver se consigo vê-lo nos próximos dias :)

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vale a pena, e depois diz-me qual a tua opinião. :)

      Eliminar
  2. Nunca vi nada semelhante mas admito que fiquei curiosa. É uma realidade com que não estamos familiarizados, mas é importante saber que acontece.

    ResponderEliminar